Parceiros

COMITÉ CIENTIFICO:

Actividades:
1) Monitorar a execução correta do plano de trabalho nos níveis científico e financeiro.
2) Detectar possíveis desvios ou riscos e tomar as ações necessárias para resolvê-los.
3) Tomar decisões relacionadas à execução do projeto, modificações orçamentárias, anexos ao Acordo
Multilateral do Consórcio e qualquer outro aspecto relevante do projeto.

Os coordenador do projeto são Dr. Manuel Manrique (Navarra), Dr. Heredia e Dr. Barros do Centro
Hospitalar Lisboa Central (CHLC)

MEMBROS DO COMITÉ CIENTÍFICO:
– Universidade de Navarra: Dr. Manuel Manrique (coordenador principal do projeto), Dra. Ana Patiño
– Biodonostia: Dr. Xabier Altuna, Dr. Zuriñe Martínez Basterra.
– Instituto de Saúde Pública e Laboral de Navarra: Dr. Nieves Ascunce
– CUF Porto: Dr. Vitor Correia da Silva, Dra. Carla Pinto Moura e Dra. Conceição Peixoto
– Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE: Dr. Ezequiel Barros, Dr. Heredio Sousa
– CHU Toulouse: Dr. Bernard Fraysse
– CHU Montpellier: Dr. Michel Mondain
– Dreamgenics: Dr. Gonzalo Ordoñez

Universidad de Navarra Campus Universitario 31009

Pamplona ESPAÑA www.unav.edu

É uma universidade privada localizada na fronteira sudoeste de Pamplona, em Espanha. Possui 56 diplomas oficiais e administra mais de 90 programas de pós-graduação em 10 escolas, 2 faculdades, a IESE Business School, 2 escolas universitárias e outros centros e instituições. A Clínica Universitária de Navarra é uma das principais instituições médicas privadas na Espanha, com mais de 500 médicos e mais de 700 enfermeiros, oferecendo todos os principais departamentos médicos e cirúrgicos. Desde 1962, atendeu mais de 600.000 pacientes. O Departamento de Otorrinolaringologia é composto por 10 otorrinolaringologistas envolvidos em pesquisa, 4 residentes, 3 técnicos, 5 doutorandos, 6 enfermeiros, 5 terapeutas da fala e 2 especialistas em prótese auditiva. Os projetos de pesquisa clínica vão desde a triagem auditiva neonatal universal, implante coclear pediátrico precoce, plasticidade auditiva, perda auditiva assimétrica, cirurgia coclear minimamente invasiva,doença de Meniere, tratamentos intratimpânicos e perda auditiva em pessoas idosas. Duas das linhas de pesquisa mais fortes, em colaboração com outros departamentos da Universidade, são os problemas de perda auditiva e de equilíbrio. A equipa científica que participa no GHELP é composta por: Dr. Manrique. Dra. Gorka Alkorta, Dra. Ana Patiño, Dra. Raquel Manrique, Dra. Alicia Huarte e Diego Calavia. Itziar Gomez irá trabalhar como gerente financeiro.

Instituto de Salud Pública y Laboral de Navarra Calle Leyre, 15 31003 Pamplona ESPAÑA www.isp.navarra.es

O ISPLN é um centro de assistência técnica. Depende diretamente da Direção Geral de Saúde do Governo de Navarra, em Espanha. É especializada em promoção e vigilância da saúde, prevenção e intervenção em problemas de saúde coletiva. O ISPLN está estruturado em 5 serviços. A Seção de Detecção Precoce, dedicada aos programas de rastreio de cancro e neonatal, depende diretamente do Serviço de Epidemiologia e Prevenção da Saúde. A equipa do ISPLN que trabalha no GHELP terá os seguintes membros: Nieves Ascunce Elizaga e María Ederra Sanz, ambas médicas especialistas em Saúde Pública; um técnico de nível médio e um assistente administrativo.

Asociacion Instituto Biodonostia Paseo Doctor Begiristain 20014 Donostia

San Sebastian ESPAÑA www.biodonostia.org

É o primeiro Instituto de Pesquisa em Saúde do País Basco. O Instituto preferencialmente estimula a pesquisa translacional com foco no doente. Abrange todas as pesquisas realizadas na região de Gipuzkoa, no âmbito do Serviço de Saúde Basco (Osakidetza). Este hospital é necessário porque as atividades científicas devem ser realizadas pelo pessoal clínico do Departamento de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Hospital. Donostialdea IHO é o hospital de referência para o rastreio de recém-nascidos em Guipúscoa com mais de 6000 nascimentos/ ano. É também um centro de referência para realizar o implante coclear nas regiões do País Basco e La Rioja. A equipa científica que trabalha neste projeto será composta por: Dr. Xabier Altuna, chefe do Departamento de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço; Dr. Zuriñe Martínez e Dr. Jorge Rey Martínez. María Isabel Arzamendi será responsável pelos relatórios administrativos e financeiros do Programa SUDOE.

DREAMgenics S.L. Colegio Santo Domingo de Guzmán S/N 33011 Oviedo

ESPAÑA www.dreamgenics.com

É uma empresa de bioinformática e genómica sedeada em Oviedo, nascida como spin-off da Universidade de Oviedo. A DREAMgenics possui três áreas principais de especialização: Serviços de bioinformática para tecnologias de sequenciamento de última geração; Design e desenvolvimento de software de Bioinformática e ferramentas de diagnóstico Molecular baseadas nas tecnologias NGS. A equipa da DREAMgenics no projeto GHELP terá os seguintes membros: Gonzalo R. Ordóñez e Patricia Cueto Pruneda (em nível científico) e Cristina Sainz Alba (em nível financeiro).

Hospital CUF Porto, S.A Estrada da Circunvalação 14341 4100-180 Porto

PORTUGAL www.saudecuf.pt/porto-hospital

É uma entidade privada com fins lucrativos localizada no Porto, Portugal. Faz parte da rede de hospitais do Grupo José de Mello Saúde – CUF em Portugal. É um novo hospital inaugurado em 2010. O Departamento de Otorrinolaringologia conta com 11 especialistas. A equipa da CUF PORTO no projecto GHELP será composta por 3 médicos otorrinolaringologistas: Dr. Victor Correia da Silva, Dra. Carla Pinto Moura e Dra. Conceição Peixoto;

Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE R. José António Serrano 1150-199 Lisboa

PORTUGAL www.chlc.min-saude.pt

O serviço de Otorrinolaringologia do Centro Hospitalar de Lisboa Central (CHLC) é uma referência nacional no diagnóstico precoce de surdez e reabilitação auditiva. Também integra o Programa Nacional de Reabilitação Auditiva através de implantes cocleares. O Dr. José Ezequiel Barros, diretor do departamento de otorrinolaringologia, coordenará as atividades desta entidade no projeto, sendo que é membro ativo da Sociedade Francesa de Otorrinolaringologia, da Academia Americana de Otorrinolaringologia e da Sociedade Portuguesa de Otorrinolaringologia.

Centre Hospitalier Universitaire de Montpellier Direction de la Recherche et de l’Innovation 191 Centre Administratif André Benech, Avenue du Doyen Gaston Giraud

34295 Montpellier FRANCE

http://www.chu-montpellier.fr/fr/patients-et-visiteurs

O departamento de otorrinolaringologia do Hospital Universitário de Montpellier (CHUM) é uma referência regional no diagnóstico precoce da surdez e reabilitação auditiva. Dr. Mondain é o responsável pela equipa de Otorrinolaringologia pediátrica.

 

Centro Hospitalar Universidade de Toulouse
9 Place Lange

31059 Toulous FRANCE

http://www.chu-toulouse.fr

 

O Centro Hospitalar Universitário de Toulouse (CHU) é um centro de referência para o diagnóstico e tratamento da perda auditiva infantil. O hospital tem mais de 3.500 ensaios clínicos. O Prof. Bernard Fraysse será o coordenador das atividades desta entidade no GHELP.